segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Esboço de sermão: PAIXÃO, O PRIMEIRO AMOR


Texto básico: Ap. 2:1-7.
Apocalipse 2:1-7
1 - ESCREVE ao anjo da igreja que está em Éfeso: Isto diz aquele que tem na sua destra as sete estrelas, que anda no meio dos sete castiçais de ouro:
2 - Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos.
3 - E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste.
4 - Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.
5 - Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.
6 - Tens, porém, isto: que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio.
7 - Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.

Introdução.
Paixão, algo intenso, extremamente intenso, mas breve, passageiro; efêmero;
Paixão, aquilo que faz o coração acelerar, a fome passar, o sono sumir e a voz embargar.
"São as paixões e não os interesses que mandam no mundo."
Alain Chartier, filósofo francês

Ouvi algumas vezes pessoas afirmando que não devemos nos apaixonar por Deus, pois a paixão é passageira, como já dissemos, efêmera, contudo gostaria de compartilhar algumas coisas sobre a paixão e como Deus a vê.

Desenvolvimento.
1.    Deus tem grande paixão por sua própria glória.
Alguns podem pensar que Ele é arrogante, mas Ele sabe que nada se compara ao que Ele é.
Quando Deus exige que rendam louvor só a Ele é por justiça, não por vaidade.

2.    Deus é apaixonado por sua igreja.
João 3:16
16 - Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
A história da humanidade foi dividida por causa da paixão de um só homem: JESUS, contudo, antes d’Ele, houve a paixão de um Deus por sua maior criação, eu e você.
As posições do mundo passam, mas há uma paixão que é eterna.
3.    Éfeso igreja modelo
Éfeso era uma mega cidade litorânea, nela havia o maior porto da Ásia menor, por era extremamente rica.
Era o centro da adoração à deusa Artêmis (gregos) ou Diana para os romanos.
O apóstolo Paulo passou três anos em Éfeso.
A igreja ficou com Timóteo, Apolo e o Ap. João, junto com João estava Maria, a mãe de Jesus.
Era uma igreja conhecida pelo amor.
Efésios 1:15
15 - Por isso, ouvindo eu também a fé que entre vós há no Senhor Jesus, e o vosso amor para com todos os santos, Famosa por ser amorosa, talvez por coincidência ou não o apóstolo do amor estava lá.
Era uma igreja cheia de eventos, trabalhavam muito, serviam muito. (v.2)

Eram perseverantes, não desfaleciam. (v.3)

Não toleravam falsos ensinamentos, heresias e práticas pagãs.(v.6)

Era um povo vibrante, uma igreja séria e compromissada

4.    O primeiro amor é a paixão.
Como é possível que houvesse algo de errado com essa igreja? Apesar de tudo isso e do começo promissor, eles haviam abandonado o primeiro amor.
Há um processo de esfriamento que tem a participação ativa das pessoas, ABANDONO.
Aos poucos o sucesso das atividades ficou mais importante que o motivo das atividades.
Que perigo odiar as heresias sem ter amor pelos heréticos.
Que perigo ser uma igreja sem compaixão.
Foram as igrejas sem compaixão que fizeram as maiores guerras santas e exterminaram hereges.
Igrejas precisam gerar paixão e compaixão.
O destino da igreja sem compaixão é desaparecer.

Conclusão.
Jesus era movido por compaixão com paixão.
Se queremos ser iguais a Ele precisamos voltar ao primeiro amor, à paixão do primeiro amor.

Pr. Eduardo Henrique

BIBLIOGRAFIA
Bíblia de Estudo Plenitude
Bíblia de Estudo MacArtur
Bíblia de Estudo Dake
Bíblia Hábil
Novo Testamento Interlinear (SBB)



Download

0 comentários:

Postar um comentário